Avenida Carlos Gomes, 1492 - Sala 1411
Telefone (51)3391.5092
E-mail: nutricionista@vanessaleite.com.br

Estacionamento com ou sem manobrista
(à escolher) 24h
Vigilância 24h

Estamos em novo endereço

Mídia

Você sabia que a maionese industrializada, aquela que a gente compra no supermercado, não é tão vilã da dieta como a gente escuta por aí? Quem desvenda esse mito é a nutricionista Vanessa Leite e a estagiária Luiza Leite.

Publicado no dia 31/7/2014

 



1) A maionese é tão vilã assim da alimentação saudável?
A maionese caseira clássica, que é feita com ovos crus e óleo, pode ser uma grande vilã na dieta. Por outro lado, a industrializada pode ser uma aliada, se for bem escolhida.



2) Ela pode ser usada em dietas de emagrecimento? Por quê?
A maionese industrializada pode, pois contém poucas calorias, pouco colesterol e pouca gordura. Enquanto 1 colher de sopa (12g aproximadamente) de maionese industrializada regular tem 40kcal, a mesma colher da maionese caseira tem 171kcal. Na versão light , são aproximadamente 30kcal por colher de sopa. Já na versão zero colesterol, são 16kcal.



3) É verdade que a maionese industrializada contém gorduras boas?
Sim, na maionese industrializada, predomina a gordura poli-insaturada, que auxilia na redução do colesterol ruim e é fonte de ômegas 3 e 6, indispensáveis para o bom funcionamento do organismo. Mas vale lembrar que essa quantidade de gordura boa presente na maionese é pequena, ou seja, a ingestão de 1 ou 2 colheres de sopa da maionese por dia não garante a recomendação diária dessas gorduras essenciais.



4) Por que a maionese industrializada é mais saudável do que a caseira?
A maionese caseira utiliza ovos crus na receita, podendo ocorrer contaminação pela bactéria salmonella que causa graves doenças gastrointestinais, principalmente no verão (com as altas temperaturas). Além disso, o preparo doméstico tem altos índices de colesterol, gorduras e calorias, pois leva muito ovo e óleo na composição. Os níveis de gordura saturada são díspares: na mesma colher de sopa (12g), a maionese industrializada contém 0,6g contra 1,3g presente na caseira. Em relação ao colesterol, a caseira tem 14mg na porção e a industrializada cerca de 2,2mg. A versão light contém, em média, 2,2mg de colesterol



5) A maionese é mais saudável do que a margarina e a manteiga? Por quê?
Sim, pois a manteiga e a margarina são fonte de ácidos graxos saturados e ácidos grados trans, respectivamente. Na maionese industrializada, a quantidade é muito menor e/ou inexistente dependendo da marca escolhida, por isso, é interessante saber ler e interpretar os rótulos dos alimentos. Vale lembrar que a margarina e a manteiga apresentam muitas calorias, podendo ocasionar, quando ingerida em excesso, sobrepeso e/ou obesidade.



6) O que a maionese ideal deve e não deve conter?
Não deve conter ovos crus, óleo, excesso de sódio e/ou calorias. Deve ser rica em ácidos grados poli-insaturados que são essenciais para uma alimentação saudável.



7) Qual é a quantidade de maionese diária recomendada?
Não existe recomendação diária. A alimentação, em geral, deve ser equilibrada contendo carboidratos, proteínas e gorduras de boa qualidade. Mas podemos dizer que é possível ingererir de uma a duas colheres de sopa de maionese industrializada light ou zero por dia. Isso não prejudicará a saúde, nem o emagrecimento e/ou a manutenção de peso.



Fique ligado(na lista de ingredientes, quem vem primeiro, está em maior quantidade no alimento)



Foto: Crédito: Getty Images



Acesse essa matéria completa e outras no: 



http://www.blogbarradecereal.com.br/raio-x-da-comida-a-maionese-e-vila-ou-mocinha-na-dieta/



 


Arquivos anexados:

Categorias

 

 

Arquivo