Avenida Carlos Gomes, 1492 - Sala 1411
Telefone (51)3391.5092
E-mail: nutricionista@vanessaleite.com.br

Estacionamento com ou sem manobrista
(à escolher) 24h
Vigilância 24h

Estamos em novo endereço

Mídia

CONHEÇA A DIETA DO VINHO E ESPUMANTE!

Publicado no dia 14/9/2017

FONTE: http://www.casaperini.com.br/dicas-e-noticias/noticias/conheca-a-dieta-do-vinho-e-espumante



 



 



Fizemos uma entrevista com a nutricionista Vanessa Leite, que possui uma dieta em que o vinho e o espumante podem ser consumidos com moderação. Nós adoramos a ideia, e você? Confira a entrevista e saiba mais sobre essa dieta enograstronômica!



 



Casa Perini: O que é a Dieta do Vinho e do Espumante Vanessa Leite?

Vanessa Leite: A Dieta do Vinho e do Espumante Vanessa Leite é um nome utilizado por mim para identificar o plano alimentar que tem a possibilidade de inclusão de pequena e controlada quantidade de vinho/espumante dentre suas exigências, para atender aqueles pacientes que desejam beber durante os regimes. Essa dieta é puro luxo, é uma proposta/ferramenta exótica e inovadora da Clínica Vanessa Leite. Quando essa dieta é indicada para determinados pacientes, eles têm o poder de escolher diariamente qual das bebidas irá incluir no seu plano alimentar. Os resultados possíveis com a dieta (esse plano inclui toda uma alimentação balanceada e controlada, e com indicação de exercícios físicos) são: emagrecimento, dieta com prazer, melhora da autoestima, redução de doenças cardíacas e menos chances de desenvolver Alzheimer.

Vale lembrar que, independentemente da vontade do paciente, a escolha pelo tipo de dieta é de competência exclusiva do nutricionista e compreende um procedimento minucioso e que guarda íntima conexão para com o perfil de cada paciente. E que, naturalmente, essa dieta não consiste, pura e simplesmente, em beber vinho.



 



Casa Perini: O vinho emagrece?

Vanessa Leite: O que emagrece é ter alimentação balanceada e controlada e fazer atividades físicas. Se a pessoa só beber vinho ela não vai emagrecer ou se a pessoa beber vinho em excesso ela também não vai emagrecer. Porém existem sim estudos que indicam que o vinho pode ajudar no emagrecimento. Vou dar um exemplo (lembro que existem vários outros exemplos): estudos epidemiológicos mostram que a ingestão leve e moderada de bebidas alcoólicas, sobretudo vinho, diminui o risco de desenvolver diabete e obesidade. Alguns polifenóis que existem no vinho tinto destroem os adipócitos (células que armazenam lipídeos/gorduras) por inibição de enzimas metabolizadoras de gordura como a lípase pancreática, a lípase lipoprotéica e a glicerofosfatodesidrogenase.

A prefererência por vinho/espumante na Dieta do Vinho e do Espumante Vanessa Leite se dá por ser uma bebida menos calórica, com baixo teor de carboidratos e por conter antioxidantes. ATENÇÃO: SOMENTE O CONSUMO MODERADO DE VINHO E COM ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL PODE TRAZER BENEFÍCIOS À SAÚDE. Consumo excessivo tem efeitos inversos, sendo extretamente prejudicial para saúde e para o emagrecimento.



 



Casa Perini: Quais os benefícios do vinho para a saúde?

Vanessa Leite: Estudos comprovaram as propriedades antioxidantes dos compostos fenólicos presentes em produtos derivados da uva, especialmente proteção cardiovascular. Então o consumo moderado de vinho, com orientação, pode proteger de inúmeras doenças e favorece a longevidade. O resveratrol atua na prevenção de doenças cardiovasculares e tem propriedades anticancerígenas e anti-inflamatórias. OS VINHOS BRASILEIROS APARECEM NO TOPO DO RANKING DA SAÚDE, segundo alguns estudos. Os teores de resveratrol nos vinhos brasileiros foram superiores quando comparados com os vinhos da Argentina, Chile e Uruguai segundo Laboratorio de Referência Enológica do Ibravin. Comparando as variedades de vinho, os Merlot tinham maiores concentrações de resveratrol.

É importante ressaltar novamente que o vinho deve ser consumido com moderação, sendo que o consumo excessivo passa a ser fator de risco para doenças cardiovasculares e outras. Portanto, é oportuno manter uma dieta equilibrada.



 



Casa Perini: É possível beber o vinho diariamente e emagrecer?

Vanessa Leite: Para ser possível beber vinho todos os dias e emagrecer ao mesmo tempo, o paciente não pode apresentar nenhuma restrição a bebida e é fundamental fazer uma dieta bem personalizada, restrita, equilibrada, porém com algumas alterações básicas/composições diferentes, que fazem toda a diferença, como na prescrição de quantidade dos principais nutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras). Portanto, para ser possível beber vinho diariamente, é fundamental a orientação do nutricionista e/ou médico. Também é importante ressaltar que a quantidade dos alimentos e do vinho na dieta varia de individuo para individuo.



 



Casa Perini: Qual a quantidade indicada de vinho?

Vanessa Leite: A quantidade varia muito de paciente para paciente e também se o produto consumido será vinho ou espumante. Tem pacientes que consumem 25 ml, outros 100 ml, outros 250 ml por dia. De maneira geral, de acordo com diversos especialistas e protocolos de saúde, o consumo de uma ou duas taças de vinho tinto por dia (300 ml), levando em conta uma boa absorção dos princípios ativos, é adequado para proteção do organismo por meio de diversos mecanismos fisiológicos.





Casa Perini: Há quanto tempo você recomenda a Dieta do Vinho e do Espumante Vanessa Leite para seus pacientes?

Vanessa Leite: Há uns 9 anos. O meu interesse pelo conhecimento sobre bebidas assim como seus benefícios e propriedades antioxidantes em dietas controladas é enorme e é tema de longa pesquisa minha. Já percorri o mundo visitando vinícolas.





Vanessa Leite: Naturalmente, como toda a dieta, a dieta do vinho e do espumante não é indicada para todos os pacientes, necessitando de avaliação, orientação e acompanhamento de médico e/ou nutricionista. O paciente também não pode apresentar restrição médica para o consumo de álcool, o que reafirma a necessidade da orientação do profissional da área de saúde.


Categorias

 

 

Arquivo